Treasure Island Man: quem dá as cartas de baralho nos cassinos

Quem_da_as_cartas_de_baralho_nos_cassinos

Vamos ampliar nessa matéria, para você conhecer quem dá as cartas de baralho nos cassinos. Em Las Vegas e outras paragens também.

Quem é o homem por trás de uma das melhores ofertas para comprar cassinos da Caesars Enterteinment na Strip Street? É o mesmo homem que já foi o último proprietário da tradicional Treasure Island.

Quem dá as cartas de baralho nos cassinos da Caesars talvez…

O empresário

… Seja o mesmo empresário que possui 50% da Trump International Las Vegas. Vamos conhecer mais de perto um dos principais ofertantes das propriedades da Caesars Enterteinment. De agora em diante, talvez seja quem dá as cartas de baralho nos cassinos.

Phillip Gene Ruffin nasceu em 1935 em Amarillo, Texas. Sem acabar seus estudos, começou a comerciar. Em pouco tempo, expandiu-se para o setor imobiliário, abarcando shoppings, escritórios e hotéis como os Marriots em Alabama, Califórnia e nas Bahamas.

Quando a grande crise financeira atingiu Las Vegas em 1998, Phil Ruffin foi um dos poucos inversores com capital na mão. Sendo assim, usou essa quantia para comprar a Ilha do Tesouro da MGM Resorts International por US$750 milhões de dólares. Enquanto isso, várias operadoras de cassinos estavam à beira da falência, incluindo a MGM.

Nesse ano Ruffin comprou o New Frontier Hotel & Casino investindo US$165 milhões de dólares e 9 anos depois, vendeu a propriedade em $1.2 bilhões de dólares americanos para o bilionário israelita, Yitzhak Tshuva.

Um dado interessante é que, hoje em dia o prédio da Treasure Island que o empresário comprara da MGM Resorts International, vale o dobro da quantia investida em 2009.

O homem e a mulher por trás dos milhões

O rango de negócios de Ruffin vai além do ramo dos cassinos em Bahamas e Las Vegas.  O empresário também investe em corridas de galgos, petróleo, lojas de conveniência e, é o maior fabricante mundial de caminhões de mão.

Ruffin é colega de Donald Trump, não somente a través de vínculos de negócios, mas também a nível pessoal e político. É que ambos têm muitos pontos em comum, incluindo as suas esposas.

A mulher de Ruffin, Oleksandra Nikolaenko, estudou na “Odessa National Law Academy”, uma Universidade de ensino superior fundada em 1997. Oleksandra trabalhou para a agencia de modelos Savrox em Odessa, Ucrânia, com um amplo curriculum em reinados de beleza, incluindo Miss Ucrânia em 2004.

E, em 2008 ela foi escolhida por Ruffin, dessa vez, para ser sua esposa com a benção de Donald Trump, o padrinho de casamento no momento. Assim, após a união com o bilionário de 72 anos, a modelo e o empresário tem dois filhos em comum, um menino de 9 anos e uma menina de 6 anos de idade.

A modelo tem se dedicado a obras de caridade, assim como a presidir o concurso “Miss Ucrânia” que outrora fosse ganho por ela. Na atualidade, aos seus 84 anos, Ruffin está no lugar 838 da lista de bilionários da revista Forbes e Oleksandra, seus filhos e ele, vivem em Las Vegas, Nevada.

Treasure Island man pode ser quem dá as cartas nos cassinos

Quem dá as cartas nos cassinos pode ser o Treasure Island man

Alguns dados curiosos

  • Desde 2013 a Ilha do Tesouro foi substituída por um centro comercial com diversas opções de entretenimento;
  • Em 1953, Phillip Ruffin foi campeão de luta em sua escola de ensino médio
  • Foi aluno da Washburn University e da Wichita State University mas nunca se formou;
  • Phillip é filho de um comerciante de origem libanês é tem 4 irmãos;
  •  Veronika Didusenko, eleita Miss Ucrânia 2018, entregou seu cetro para Leonila Guz, após confirmação de que Veronika tinha um filho de 4 anos;
  • Segundo a revista Forbes, Ruffin largou a faculdade para vender hambúrgueres  e logo após, abriu lojas de conveniência;

 As possibilidades de Ruffin

No dia 3 de maio de 2019 o empresário Phil Ruffin disse ao Las Vegas Journal, que a compra abrangeria o Paris Las Vegas Hotel & Casino e o Harrah`s Las Vegas dentre outras propriedades. Enquanto empresas como Eldorado ResortsBoyd Gaming parecem não mostraram interesse, Ruffin está se adiantando, mais uma vez.

Aliás, Ruffin agregou que propriedades com fluxo de caixa anual dentre US$200 e 300 milhões, são seu foco de interesse. Uma vantagem de Ruffin, quem divide ações com Donald Trump, é que o empresário se declara sem dívidas. Evidentemente, a decisão será apertada para saber quem dá as cartas de baralho nos cassinos.

Ruffin disse para Las Vegas Review Journal que pediria empréstimos equivalentes a 6 vezes a fluência de caixa das propriedades. Também investiria 1 milhão de dólares e zerar dívidas de uma das propriedades da Caesars Entertainment na Faixa de Gaza.

Essa situação, aumenta suas possibilidades de obter empréstimos para serem, eventualmente, reinvestidos nas propriedades. Contudo, grandes operadores como Boyd e Eldorado poderiam oferecer melhor preço, acrescentando ganancias e unindo patrimônios com a Caesars.

Assim, analistas da SunTrust Robinson Humphrey comentou que Ruffin vai precisar 2 biliões de dólares para comprar alguma destas propriedades. Mesmo assim, ainda não desestimam a oferta de Ruffin, devido ao seu ótimo senso da oportunidade, segundo a revista Forbes.